Rádio Renascença volta dar cartas nos Prémios Ciberjornalismo 2015

Dezembro 10, 2015 • Jornalismo digital, Últimas • by

A Rádio Renascença ganhou pela quinta vez o prémio Excelência Geral em Ciberjornalismo, a principal distinção dos Prémios de Ciberjornalismo 2015, criados em 2008. Os prémios da responsabilidade do Observatório do Ciberjornalismo (ObCiber) – tem por objectivo reconhecer o que de melhor é produzido em Portugal na área do ciberjornalismo.

Para além desta distinção a Rádio Renascença conquistou ainda prémios: Videojornalismo Online, como o trabalho «O extraordinário mundo de Irina», e Última Hora, com o trabalho «Ataque contra jornal faz pelo menos 12 mortos em França».

A reportagem «Matar e Morrer por Alá» do jornal Expresso venceu a categoria Reportagem Multimédia. E o prémio Infografia foi para o Público com o trabalho «VIH: O Vírus que apareceu em Kinshasa em 1920 e alastrou para o mundo inteiro».

Na categoria Ciberjornalismo Académico, a hegemonia do JornalismoPortoNet (JPN), da Universidade do Porto, vencedor da categoria desde a primeira edição dos prémios. Nesta edição a vitória foi para o ComUM, da Universidade do Minho com o trabalho «Por onde já não navegamos».

Paralelamente às escolhas do Júri, são também contabilizadas as escolhas do público, que nesta edição coincidiram com o as do júri nas categorias Última Hora, Reportagem Multimédia e Infografia. Quanto às categorias Excelência Geral em Ciberjornalismo, Videojornalismo Online e Ciberjornalismo Académico, as escolhas recaíram respetivamente sobre o Observador , o trabalho «Vida de Faroleiro», da Rádio Renascença, e o trabalho «A última memória de África», do JPN.

Os vencedores da 8ª Edição dos Prémios de Ciberjornalismo foram anunciados durante as III Jornadas de Ciberjornalismo que tiveram lugar no pólo de Ciências da Comunicação da Universidade do Porto, no início de dezembro.

Photo Credits: Visual Hunt

Print Friendly

Tags:, , , , , , , ,

  • luis antónio santos

    …falta ali um ‘terminou’ na primeira linha do quarto parágrafo 🙂

Send this to friend